Noivas: dicas para um casamentos no final da tarde

Os noivos estão descobrindo as vantagens de um casamento no fim da tarde. Poder ter a cerimônia com o pôr do sol, fotos do casal e da decoração ainda com a luz do dia, convidados menos cansados que aproveitam muito mais a festa, ter as luzinhas, velas e balada de uma festa noturna, ou seja, aproveitar o melhor de cada horário no dia do seu casamento.

Mas qual horário marcar no convite? A dica é: para meses sem horário de verão, o ideal é marcar no convite o início da cerimônia para às 16:00h, sabendo que em geral sempre acontece meia hora de atraso, a noiva deve entrar às 16:30h, horário suficiente para todas as fotos, afirmam as fotógrafas Rejane Wolff e Fernanda Petelinkar.

Antes da Cerimônia:

Receba seus convidados com carinho. Como provavelmente estará sol e os pontuais terão que esperar pelo menos meia hora, é simpático ter um ponto com uma mesa de refrescos – água, sucos, água aromatizada – para que os convidados possam matar a sede ao chegar, antes da cerimônia começar. O Will da Santo Casamenteiro ainda complementa: “Se o casamento acontecer em outra cidade, onde seus convidados precisem de deslocamento, acho importante pensar em comidinhas e bebidas de boas vindas, pois como pegarão estrada chegarão com sede e fome. É importante pensar em todas estas situações, seus convidados devem ser recebidos sempre de forma aconchegante.

Após a Cerimônia:

Em geral, entre cortejo, cerimônia e saída dos noivos, a cerimônia toda leva em torno de 45 minutos. Como começou às 16:30h, a estimativa é que termine às 17:15h. Neste horário os noivos saem para as fotos do casal aproveitando a luz do sol e pôr do sol. Podem já fazer as fotos com padrinhos e pais também. Os convidados são encaminhados para o local da festa. “Os convidados irão para o coquetel, para se possível também aproveitar o pôr do sol. Nesse momento o DJ deve colocar uma seleção com lounge, bossa nova e chill out“, sugere a Renata Pinheiro da Santo Glamour. “Pode-se iniciar com um Welcome Drink , que pode ser um prosecco com morangos“, complementa a Mari da Salve Sto. Antonio. Eu acho super chique os convidados aproveitando o pôr do sol, aquela música ambiente agradável, uma boa bebidinha… e neste momento inicia-se o coquetel volante.  A Sandra da Wedding Creative complementa: “Neste momento os convidados estão interagindo uns com os outros e dando os parabéns aos pais e familiares do casal. Podemos também proporcionar algo diferente para esse momento que antecedem a chegada dos noivos ao local, como intervenções de um pocket show.

Hora do Jantar:

Antes de falar do jantar, vale falar um pouco sobre o coquetel que antecede o jantar, importante nos casamentos no final da tarde: “Opções de canapés frios e quentes, com uma apresentação bacana, sempre com alguma opção sem carne para os vegetarianos. Panelinhas e detalhes bacanas são sempre bem  vindos já que também se come com os olhos. Nesse formato de festa, sugiro também montar umas ilhas gastronômicas com algumas opções de canapés e aperitivos, para que os convidado também vá até as ilhas sem ter que necessariamente esperar o serviço volante, além de dar mais movimento na festa“, bem indica a Re da Santo Glamour.

Sobre o jantar, você pode conversar com o buffet contratado para que eles possam sugerir um cardápio que combine com o estilo da sua festa e dos noivos. O ideal é que não seja serviço empratado, que costuma “engessar” a festa já que todos os convidados precisam ficar sentados esperando todos os pratos serem servidos, e não combina com a descontração dos casamentos que começam no fim da tarde.

Flores e Afins:

A Mariana da Merry Makers é empolgada em relação a decoração para os casamentos no fim da tarde e vê vantagens: “os noivos terão duas decorações ou planos de fundo ”diferentes” para o casamento. Conforme anoitece, as luzes vão se acendendo, as velas e lanternas aparecem brilhando. É como uma peça de teatro, os nuances vão mudando“. A Salve Sto. Antonio lembra alguns cuidados extras: “Cuidado com a decoração também é importante, afinal com o sol, pode acontecer  das flores sentirem o calor. Um cuidado extra com uso do dourado e espelho para não refletir mais ainda com o sol“.

Trajes dos Noivos e Convidados:

Em relação aos convidados, a maior preocupação de todas noivas é não ter convidados com jeans e tênis, e por isso perguntam se pode especificar o traje no convite? Não, não é correto. Só se coloca o tipo de traje num convite de casamento quando a festa é black tie. Para qualquer casamento o traje é sempre passeio completo, que significa terno (costume) para os homens, vestidos em tecidos nobres para as mulheres. Para o noivo, uma opção é o terno em tom grafite. Para noiva,  são os vestidos leves em musselina e shantung, com ou sem renda. Como a festa irá entrar noite adentro, o vestido deve ser longo e pode ter detalhes bordados, fitas, drapeados, apenas tome cuidado com os exageros.

Dicas Extras:

Para quem ainda tem medo de marcar o casamento no fim da tarde, vale mais um argumento: “os convidados chegam mais empolgados, pois o dia ainda está na metade e as pessoas ainda não estão cansadas e nem com sono.  Os noivos terão fotos de dia, fim de tarde e de noite. No fim de tarde vocês vão ver os “vovôs e as vovós” animadíssimos e enquanto o tempo vai passando, as pessoas vão se animando e relaxando. Definitivamente são as recepções mais dinâmicas e mágicas”, é a opinião da Merry Makers.

Fonte: http://www.vestidadenoiva.com/category/2-planejamento/dicas


Leave A Response